O leitor assíduo já deve começar a notar que sou apanhado pelo Boris Vian.

Haverá leitores assíduos e atentos nesta tasca? duvido!

Mas adiante:

O mal deste trabalho é que as ideias nos atacam a toda a hora. Estou eu, feliz da vida numa esplanada, a gozar do “global warm” e de repente, olho para uma flor precoce e lembro-me:

– Porra e se fizesse um site sobre flores e jardinagem, tenho uma amiga que sabe disso e dá dinheiro de certeza?!

E lá vou eu feito maluco, chatear a minha amiga e esboçar um blog florido. Este trabalho é um “brainstorming” onanista e permanente. Põe um gajo tolo.

Anúncios