Não me apetece dormir, nem trabalhar nem nada, assim que querido diário vais ter de me aturar…

O país está espantado com a cena da aluna a gritar com a “stora” por causa de um telemóvel

Que coisa mais ridícula, como se não se passassem todos os dias cenas 30 vezes mais graves nas escolas deste país. Como se não houvessem quotidianamente professores a sofrer agressões e abusos muito maiores. Não dá é no Youtube, mas estou certo que se passam.

Felizmente que me fartei de ser professor há uns 7 anos, foi a melhor coisa que fiz na vida. Mas os resultados eram de prever dada a progressiva desautorização dos professores, transformados em burocratas, “assinadores” de milhares de papeis e redactores de milhares adendas para as actas, cada dia mais idiotas.

A escola vista como depósito de alunos, sem obrigações quase nenhumas e tantas outras coisas de que nem me quero lembrar, terminaram, nisto.

Já no meu tempo não era pêra doce, mas ser professor do secundário, hoje em dia em Portugal, deve ser das profissões mais desgastantes do mundo.

Anúncios