A verdade é que gosto muito de Nick Cave. Apesar de gostar de dizer que não.  Adoro dizer que ele hesita entre ser cantor rock ou pimba e outras tretas maradas.

Mas quando ouço este  Into My Arms, fico momentaneamente sem piadas para mandar.